Bullying

Bem só o nome já se torna bastante familiar pois passei por isso . Um facto era que com o tempo não percebia totalmente o que isso era e o verdadeiro impacto que poderia ter nas pessoas que passavam por tal coisa, como se costuma dizer , só quando as coisas nos tocam a nós é que sabemos o que realmente dói. É que temos a realidade do quanto algo assim, consegue mudar-nos, consegue tornar-nos diferentes daquilo que sempre fomos e por vezes as pessoas em nosso redor não se apercebem.
Tem um impacto enorme na nossa vida, consegue cada vez mais tornar-nos fechados, tímidos, reservados, negativos. Leva-nos a cair numa rotina menos boa, optamos por nos refugiar na escrita onde sentimos a necessidade de expressar o que sentimos e o que estamos a passar porque achamos que se as outras pessoas souberem iram gozar connosco ou até mesmo não irão acreditar que algo assim esteja a acontecer connosco.
A verdade é que torna-se repetitivo dia após dia a ouvir a mesma, os mesmos risos maldosos daquelas pessoas, os olhares que nos assombram, perdemos a vontade de fazer tudo o que faziamos até mesmo de sair da cama porque para passar por aquilo mais um dia era bem melhor permanecer na cama… Torna-se impossível, irrespirável estar no mesmo sítio com essas pessoas, ainda por cima a mesma turma.
Fazia questão que ninguém soubesse o que estava a passar, somente duas pessoas naquele momento o sabiam e diziam-me para eu falar com alguém mas eu não era capaz não por medo, mas porque iria ficar mal vista por essas pessoas que com o que me diziam intimidavam me , rebaixavam-me, faziam me sentir a pior coisa que andava ao cimo da terra , conseguiram principalmente… fazer com que os preconceitos que eu tenho com o meu corpo se agravassem desde ai … Só desejava ser a mesma rapariga que era , que não me importava com o meu corpo ou com o que tinha de vestir muitas vezes porque infelizmente não tinha condições pra comprar melhor quando desejava e somos 4 filhos..
Começei a escrever num diário… fechada no meu quarto , lá escrevia tudo o que me vinha na alma, todas as mágoas, todos os momentos que conseguia sorrir e o quanto as pessoas não percebiam que me magoavam..
Cada vez piorava derivado a isso, deixei de conseguir dormir, os anti depressivos eram os meus melhores amigos na altura.. Até que cheguei ao ponto de fazer o que nunca pensei, auto mutilar me, tinha necessidade de expressar a minha dor, aliás só pensava o que eu fazia neste mundo, achava me um fardo para todos..
Hoje eu tento ao máximo que outras pessoas que me são chegadas saibam que eu fiz tal coisa e não me orgulho nada mesmo pois fico com marcas psicológicas e lembranças que não desejava te-las.
Consegui combater toda essa negatividade que me atormentava, achava me incapaz de lutar para o meu bem mas eu consegui, e isso para mim é uma vitória. Quem me conhece e sabe tudo o que eu passei hoje chama-me uma guerreira , uma menina de quem se orgulham e sem dúvida que é algo que me ajuda a conseguir erguer-me de novo e a nunca baixar os braços. E quando isso acontece porque acontece, penso nas coisas boas, penso nas pessoas que querem o meu bem e tem orgulho em mim e renovo a pessoa boa que há em mim, a pessoa que ainda tem alguns medos, alguns preconceitos com o próprio corpo..
A pura verdade é que luto todos os dias para conseguir melhorar tudo em mim, para conseguir perder esses mesmos preconceitos e luto pelos medos para que consiga ser uma menina de certezas e menos dúvidas.
Se tu passas pelo mesmo ou conheces alguém que passe pelo mesmo tenta ajudá-la , tenta que não caia na tentação da auto mutilação pois é algo de que ninguém se orgulha mesmo, e acima de tudo trazer a pessoa feliz que sempre foste.
Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s