Idosos

Olá meus amores

Admito que não sabia muito bem do que publicar, mas tinha cá umas ideias… e resolvi falar sobre os idosos do lar onde estive por duas semanas.

Ao receber a tão esperada carta e saber que ia para o lar , foi uma sensação não de andar aos pulinhos é verdade pois até era uma das últimas opções por mim escolhidas mas tinha de aceitar o local onde me colocaram. Ao chegar no primeiro dia era estranho a forma como muitos idosos me olhavam como se desejassem revoltar-se pois maioria não se encontra no seu estado mental que tinha quando eram mais novos, e o que me faz mesmo ficar pensativa é pelo motivo de que somos nós  e depois deixamos de ser o que sempre fomos.
Olhar para todos os senhores e saber o que cada um comia admito que é preciso ter cabeça para conseguir decorar tudo sem existir necessidade de estar sempre a questionar ás funcionárias. O meu maior medo ali era deixar cair algum idoso ou até mesmo quando fosse para dar de comer ás camas pois tinha medo do que poderia encontrar.
Com o passar dos dias fui sendo muito  bem acolhida por todos os idosos e conhecia cada canto da casa, senti-me muito em casa e hoje ao despedir-me das pessoas foi algo estranho apesar de saber que ali ha frente quase.
Adorei ter a experiência por duas semanas, são pessoas maravilhosas e custa-me quando se é mal educado para com eles porque de facto não nos fazem mal, muitos só querem alguém com quem falar, alguém a quem dar um beijinho, um sorriso, uma palavra de carinho. E eu sou muito coração mole e fico destroçada quando se ve e se sabe a dura e pura realidade de que existe tantos idosos que estão sozinhos e abandonados pelas familias.
Não entendo o porque das familias fazerem isso a quem um dia os pos no mundo e lhes deu imenso amor e carinho para no fim.. sofrerem com a ausência dos seus maiores amores.

Eles são uns guerreiros, passaram por imensas dificuldades, conseguiram criar os inúmeros filhos que tiveram, trabalharam arduamente durante anos e anos para tentarem ter e dar uma vida boae acabam no que? Deitados numa cama de hospital, num lar onde acabam por passar pela solidão ou até mesmo nas próprias casas.
Sei que todos somos diferentes mas também para quem ve noticias tem a perfeita noção de que infelizmente ainda hoje isso acontece e em números elevados.

O que mais gostei de ver no lar? Ver casais que lá existem em que a senhora não ia a lado algum sem o seu marido ou vice versa…É simplesmente a coisa mais linda que pode haver, sim as vezes não vemos pelos nossos avós mas por pessoas mais idosas e no meu caso penso se um dia também estarei assim com quem amo.
Espero que tenham gostado do post e peço desculpa pelo tempo tardio que estou a publicar mas não tenho tido grandes ideias e anda tudo muito atribulado aqui na minha cabeça..

Beijinhos

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s