Sinto-me como uma criança..

Como explicar o estado em que me deixas? Nem consigo arranjar os termos certos para to dizer bem, mas duma coisa eu sei, que és tipo a melhor prenda que algum dia poderia desejar ter. Sim isso mesmo, és melhor que qualquer peluche ou brinquedo que tanto queria ha pouco tempo. Tu tens a capacidade de me prenderes a ti sem que eu o desejasse . Mas não te culpo, apenas te agradeço de o teres feito e me fazeres sentir o que não sentia faz um longo tempo.  És o meu peluche de verdade, que fala tudo o que eu tanto gosto, que me ama verdadeiramente e desta vez eu sinto que é de verdade mesmo que tenha medo de me poder magoar tenho de viver o presente e eu amo-o da forma que está a ser e faz-me desejar que nunca termine pra que não vás sem justificação plausivel para me fazeres acreditar que tudo mudou. A pura verdade és tu, fazes-me sentir completa sabendo que longe ou perto te posso chamar de meu, fazes surgir um sorriso no meu rosto com um simples olhar teu, fazes-me ver o quanto deverias ter sido sempre tu pois sinto-me eu mesma, na verdade sinto-me como nunca antes havia me sentido.  A ti irei sempre te agradecer vezes sem conta sabes porque? Porque nunca me vou cansar de o fazer independentemente de me tornar repetitiva, pois tu sabes o quanto me completas e me fazes sempre a melhor pessoa devido ao teres surgido na minha vida. Aliás agora a minha vida és tu, és a minha prioridade, és o melhor de hoje ontem e sempre, contigo desejo uma vida a teu lado. Bora ser duas crianças felizes e fazer a nossa familia?
Amo-te

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s